Centro e Costa de Prata

Centro e Costa de Prata



Localizado entre Lisboa e Porto, o Centro de Portugal é o coração verde do país, abençoado com uma paisagem diversificada, de praias fantásticas a encantadoras aldeias na montanha e nas encostas acidentadas da Serra da Estrela, o pico mais alto de Portugal continental e também a maior área protegida de Portugal, com uma vegetação exuberante de florestas centenárias e uma grande variedade de flores silvestres, arbustos e árvores, incluindo lírios, orquídeas, erva-caril e carvalhos. A Costa de Prata inclui locais tão importantes para a humanidade que foram incluídos pela UNESCO na sua lista do património mundial. Em todos os lugares, a herança milenar exibe orgulhosamente a história da região, como acontece na vila medieval de Óbidos. No interior, encontrará maciços montanhosos e aldeias tradicionais, à beira-mar, aldeias de pescadores e praias cosmopolitas com desportos aquáticos que definem o ritmo do dia.
A não perder, Ferreira do Zêzere, com a sua majestosa barragem, praias fluviais e turismo náutico.

Os mosteiros de Alcobaça e da Batalha, o Convento de Cristo em Tomar, pertencente aos Templários, e a Universidade de Coimbra, a mais antiga de Portugal, fazem parte do património da UNESCO.

Em Coimbra não deixe de visitar a Universidade, uma das mais antigas do mundo, a Biblioteca Joanina e suba à torre para apreciar a vista. Conheça a Catedral Velha, um dos mais belos edifícios românicos portugueses, visite Portugal dos Pequenitos, um parque que reproduz em menor escala os principais monumentos portugueses, venha conhecer o mosteiro de Santa Clara-a-Velha ou passear nos jardins da Quinta das Lágrimas. Desfrute do criptopórtico no Museu Nacional Machado de Castro, saboreie os doces de Santa Clara ou a chanfana num dos cafés históricos da Baixa.

É obrigatório visitar Aveiro, conhecida como a Veneza Portuguesa pelos seus canais, barcos em forma de gôndola e lagoas pitorescas.

As 12 aldeias históricas mais bem preservadas de Portugal encontram-se no Centro. Estas congelaram no tempo, mantendo o seu charme e magia. Todas participaram da defesa do reino, têm castelos e muralhas, pelourinhos, capelas, torres e casas senhoriais. Monsanto, Almeida, Belmonte, Castelo Mendo, Castelo Novo, Castelo Rodrigo, Idanha-a-Velha, Linhares da Beira, Marialva, Piódão, Trancoso ou Sortelha certamente o encantarão.
Serra da Lousã conjuga de forma única a vertente cultural e humana das Aldeias de Xisto com grandes paisagens e um ambiente natural propício ao lazer.

Óbidos é outra pérola de Portugal. Dom Dinis, que governou o país entre os séculos XIII e XIV, deu esta vila medieval como presente de casamento à sua esposa, Dona Isabel. A partir de então, iniciou-se uma tradição em que Óbidos fazia parte do dote das rainhas de Portugal.

Os Passadiços do Paiva, na margem esquerda do rio Paiva, em Arouca, são um percurso de oito quilómetros através de um autêntico santuário natural que nos dá uma profunda lição de biologia, geologia e arqueologia.

Vale a pena visitar as cidades históricas de Viseu e Castelo Branco, além de Fátima, o principal local de peregrinação em Portugal, lugar de culto mundialmente reconhecido e destino de turismo religioso. Fátima tem na sua origem uma lendária e bonita história de amor entre uma princesa moura, Fátima, e um dos mais valentes guerreiros da Reconquista cristã!

A Costa de Prata é reconhecida pelas praias fluviais com águas cristalinas, praias oceânicas douradas e um mar azul prateado que se perde no horizonte.

As praias fluviais são aconchegantes e familiares, muitas delas animadas por caminhadas e actividades desportivas, como vólei, vela, remo, canoagem, caiaque ou windsurf. A praia do Agroal, a praia de Alamal, a praia da Foz d’Égua ou a praia de Loriga são pequenos paraísos, quase secretos, escondidos em típicas aldeias ribeirinhas.

São quase 300 quilómetros de costa onde existem falésias e praias oceânicas de extensos areais que convidam à diversão e prática de desportos aquáticos, surf, mergulho, bodyboard, entre muitos outros.

Peniche é um dos principais destinos de surf do mundo, oferecendo as ondas mais incríveis e perfeitas! É um dos melhores lugares do mundo para observação de aves marinhas. Em 2014, 29 mil gansos do norte cruzaram Peniche, tornando a observação de aves marinhas um dos eventos naturais mais impressionantes.

A cidade da Nazaré é conhecida mundialmente por suas ondas gigantes, que desafiam surfistas de todo o mundo. Foi aqui que, em 2013, Garrett McNamara quebrou o recorde mundial ao surfar uma onda de 30 metros, o equivalente a um prédio de 10 andares. Antigamente era uma vila de pescadores, mas tornou-se um destino turístico graças às excelentes praias.